Invasão feminina no mundo do skate, YES !


Em São Paulo, meninas skatistas já são 40 mil e este número cresce a cada dia. Elas estão invadindo as pistas e os meninos adorando!

Por Thais Gazarra, skatista

A invasão feminina sobre o skate é visível, alguns anos atrás, eu não era bem-vista por invadir um universo masculino hoje ninguém estranha uma menina fazendo manobras.
Por isso, fui às pistas para saber o que os meninos estão achando desta invasão cor de rosa antes dominada por eles. Confira alguns depoimentos:


Admiro mulheres que invadiram as pistas

“Primeiramente eu parabenizo todas as mulheres que andam de skate mesmo com tantos preconceitos, elas conquistaram espaço.              
Muitas que para mim são melhores que muitos homens, acho que o skate é como qualquer outro esporte, é para todos praticarem e darem toda raça.
Um exemplo são as atletas profissionais Bufoni e a Jonz, que eu admiro muito elas estão se superando e mostrando que a mulherada é fera no que faz.
Fora às profissionais tem muitas mulheres que andam tanto de vert como de long e arrasam. Para mim quem ainda tem aquele pensamento de que skate não é coisa para mulher são machistas  e cabeça fechada.” Gustavo Pudo

A evolução do skate feminino

“O skate feminino está evoluindo e as meninas estão andando muito. Acho muito legal a ideia das meninas estarem neste meio competindo, mostrando que o esporte é para todos e que elas podem, e são capazes.
O número de meninas que praticam o esporte aqui no Brasil está crescendo e tem meninas representando de forma impecável o paísl lá fora. Acredito que daqui há alguns  anos teremos grandes nomes femininos no skate!”  Gustavo Fujikawa

Potencial feminino cresce

“As meninas tem um potencial igual a dos homens, e não é porque é mulher que deve ser tratada diferente no meio do skate.  Elas têm o mesmo direito de andar de skate como qualquer garoto.” Biel Machado 

A alegria das meninas na pista

A maioria das garotas que andam de skate são mais maduras, e creio que seja assim por elas sofrerem preconceito da grande maioria das pessoas, que querendo ou não discriminam. Elas estão conseguindo vencer essa discriminação, e acho que dai que vem maturidade. Na minha opinião eu acho super legal mulher skatista, assim como em qualquer outro esporte.
Fico feliz com essa invasão, pois assim podemos ter  interação e contamos com o diferencial feminino que é a alegria, e com isso elas deixam as sessões melhores. 
Raul Roger, skatista profissional

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Garota Fitness Brasil 2011

Tons Pasteis...